Arquivo da tag: NES

Cast 012 – Video Games: alegrias e frustrações

O décimo segundo podcast da Taverna Filosófica está no ar! O podcast é um programa que serve para informar e divertir os frequentadores dessa Taverna. Puxem uma cadeira e escutem a conversa nostálgica sobre histórias da infância, causos para serem contados para os filhos e netos.

Os taverneiros Lessandro Rodrigues, Tiago Ferreira, Tatita Lima e Rafael Headbanger convidam os clientes para rir das alegrias e frustrações do passado.

Duração:  67′ 30” min.

Não deixem de ouvir os emails no final do cast! A partir de 59′ 51″.

Para baixar o podcast clique em Download podcast com o botão direito e em seguida selecione salvar…

Download podcast 

ATENÇÃO PARA O NOVO FEED (ITUNES, WINAMP, ETC):

https://tavernafilosofica.wordpress.com/category/cast/podcasts/feed/

O que é RSS? Como assinar um blog? Como assinar um podcast?

Comentado nesse episódio:

NES 

Jogo de boxe no Atari Video

Superman Atari – Video

Video Games Live  – Video

Super Soccer Champ

The Lost Vikings

Ultimate Battlefield 3 Simulator

Anúncios

Super Mario Bros. 3 – “Jogos da minha infância”

Hoje inicio uma série de posts sobre os jogos que marcaram a minha infância, nesses posts descreverei como esses jogos foram importantes ou não quando eu era o pequeno Lessandro, além da descrição e fatos interessantes sobre os jogos.

Capa do Super Mario Bros. 3

Para começar, nada menos do que Super Mario Bros. 3, foi o primeiro jogo que tive em minha casa, esse cartucho (para quem tem menos de 20 anos o equivalente aos DVDs e Blu-rays de hoje em dia lol) veio junto com o NES (Nintendo Entertaiment System) que eu ganhei de aniversário em 1994, inclusive foi o único jogo que eu tive por mais uns 3 anos.

Esse jogo marcou minha vida, pois foi o meu primeiro jogo e também o que joguei muitas vezes durante o início de minha adolescência. Lembro que todos na minha casa jogavam Super Mario 3, inclusive meus pais tentaram jogar, o mais engraçado era ver minha família se mexendo junto com o joystick para tentar fazer o Mário pular mais longe.

Continue lendo