Arquivo da categoria: Cinema

Filme,pré-estreia, festa e exposição – Raul: O início, o fim e o meio

Olá Taverneiros, tenho várias novidades sobre o nosso mentor taverneiro-filosófico-muluco-beleza, mais conhecido como Raul Seixas. O mês de março está repleto de Raulzito: filme, pré-estreia, festas e exposição.
É com muita felicidade que faço a divulgação da estreia do filme e da exposição, “Raul: O início, o fim e o meio” aqui na Taverna. Tive o prazer e o privilégio de assistir o filme que foi exibido pela primeira vez na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo – 2011. Exibido em duas salas lotadas, no Shopping Frei Caneca, o filme não só emocionou os fãs do Raul, como também fez a plateia entoar um canto emocionado ao relembrar a vida e as músicas do Maluco Beleza e que ao final recebeu um merecido e caloroso aplauso e vários gritos de “Toca Raul”. Não foi à toa que o filme levou o Prêmio de público e Prêmio Itamaraty de melhor documentário brasileiro da Mostra.
O filme estreia nos cinemas agora 23 de março e para os Raulseixistas de plantão haverá pré-estreias do filme no dia 15 de março. E para quem desejar cantar e se emocionar com as músicas do Maluco Beleza haverá festa de pré-estreia do filme no dia 20 de março, no Adega Original, São Paulo. Atrações: Putos Brothers Band e convidados especiais.
Foi aberta agora no dia 10, no Metrô Paraíso, São Paulo, a exposição “Raul: O início, o fim e o meio” que exibe a discografia, a cronologia da vida e obra do Raulzito, além de fotos e manuscritos das letras das músicas compostas por ele. A exposição fica em cartaz de 10 a 31 de março.
Para mais detalhes clique aqui e acesse o Estrambólica Arte onde foram disponibilizados os links e mais informações.
Anúncios

TOP 11 DE 2011

Muitas filosofagens foram feitas na Taverna no ano de 2011. Alguns temas foram nostálgicos, televisivos ou musicais, mas cada texto escrito de um jeito no guardanapo e revelando muito de nossas histórias, sentimentos e afinidades depois de tomar alguns goles de álcool.

Separamos aqui os textos que mais sacudiram a Taverna Filosófica para que os nossos clientes taverneiros relembrem os causos e também apresentar aos mais bêbados, que dormiram na mesa, os grandes sucessos desse ano!

TOP 11 2011

TOP 1

Desenhos que divertiam as crianças nos anos 80

Por Carla Oliveira

 “Eu tive a sorte de ser criança  na época dos desenhos animados mais legais de todos os tempos. Logo abaixo segue a lista dos meus preferidos. E vocês, meus amigos taverneiros quais desenhos animados fizeram parte da sua infância e quais aqueles que vocês mais gostaram?…” 

Leia mais

TOP 2

Senta que lá vem história

Por tatitalima

Agora, peço gentilmente aos frequentadores que se sentem, pois contarei uma história que já foi construída com novos ideais (agora velhos) dentro do mundo da arte, mais precisamente sobre a história de como vivemos, dentro de uma casinha.

Mesmo pendendo para a “arte” do Urbanismo, sempre tive fascínio pela História da Arte e da Arquitetura, mas agia com certo preconceito sobre a História do Mobiliário. Com o tempo, fui convencida que todas essas “artes” estão totalmente interligadas e contam, de maneira sutil, como pensamos e vivemos…” 

Leia mais

TOP 3

Adele, sabor Chandelle

Por tatitalima

“Gosto de dar um tipo de sabor para tudo que gosto, talvez porque comer seja meu maior prazer. Cinestesia? Provável. Fechar os olhos e sentir um cheiro que te leva a um sabor, um sabor que te leva a algum lugar, um lugar que te leva a alguém, e se alguém te arrastou até aí usando esses sentidos é porque o tato é a cereja do bolo…”

Leia mais

TOP 4

3% rumo aos 100%

Por tatitalima

“Nessa Taverna independente sempre buscamos papos sobre produções autorais. Nos últimos meses falamos sobre o campo da música, agora a pauta é sobre TV.

Passaram alguns meses e os 3% que começaram a divulgação espalhando os links da série brasileira 3%, pela web, foram os responsáveis pela semeação da ficção científica mesclada com drama, produzida por mentes jovens do curso de Audiovisual da ECA-USP…”

Leia mais

TOP 5

RPG Eletrônico

Por Diego Said

“Muitos ao lerem o título do post, já pensaram “isso não existe” principalmente o pessoal que joga rpg a bastante tempo. Discordo em parte de vocês, muitos dos elementos do RPG tradicional é encontrado no eletrônico mas é impossível ter toda a liberdade e criatividade de se fazer o que quiser. Lembre-se um console/pc são máquinas feitas para serem precisas, é inviável para a equipe que desenvolve o game prever todas as ações que milhares de jogadores queiram tomar…”

Leia mais

TOP 6

True Blood

Por Victor

“Devo começar esta… seja lá o que for com um pedido de desculpas a todos que acham realmente legal um Vampiro brilhar no sol!

True Blood é uma série que retrata um mundo onde o sobrenatural existe e aqui os vampiros são criaturas complicadas e monstruosas (difícil encontrar isto nos dias de hoje). Se for um jogador de RPG então sentirá certo conforto na série, eles são criaturas traiçoeiras e assassinas…”

Leia mais

TOP 7

Levante-se, não fique fora da Casinha!

Por tatitalima

“Em menos de um mês que choramos as pitangas pelo cenário da música curitibana, ouvindo as canções que causam dependência, viciamos os  frequentadores dessa Taverna. Bêbados pelas doses dos acordes, fomentamos a discussão: “[…] A indagação sobre o potencial artístico das cidades, como Curitiba e outras, no cenário musical não se propagar está restrito à produção local ou o problema está em pequenas portas enferrujadas que não se abrem para esses artistas, nem mesmo dentro da própria cidade? […]”

Leia mais

TOP 8

Into the Wild (Na Natureza Selvagem)

Por Victor

“Já pensou em abandonar tudo? Em se afastar desta sociedade louca? Esta é a história de Christopher que é contada no filme Na Natureza Selvagem (Into the Wild) de 2007. Um rapaz que não se adaptava a sociedade consumista e que resolve ir para o Alaska. Algo que chamo tua atenção é para o relacionamento que ele tinha com os pais.

Quantas pessoas não passam por situações semelhantes? Quantas pessoas não se adaptam ou não visualizam sentido na sociedade? Baseado em fatos reais com uma abordagem muito interessante e cativante é sem dúvida um filme que vale a pena conferir…”

Leia mais

TOP 9

Frases de filósofo x Frases de Programador

Por Carla Oliveira

“Olá queridos taverneiros, trago algumas frases para divertir a nossa taverna, pois uma boa taverna que se preza sempre tem algumas “frases engraçadas” e piadas para divertir seus taverneiros.

Como a nossa taverna é nerd e filosófica nada mais justo do que frases de filósofos x frases de programador…”

Leia mais

TOP 10

Algum demônio, algum anjo

Por tatitalima

“Desta vez, trago reflexões sobre a história e a arte de quem somos: a arte de ser anjo e demônio. Mas, refletir sobre esse tema vai além da história da humanidade e exige buscar a verdade, a busca e não necessariamente o encontro.

Comecei buscando as definições de anjo e demônio e descobri que tais definições se transformaram ao longo do tempo. Segundo meu dicionário amarelado e cheio de “orelhas”, um anjo seria a representação da perfeição moral, que não pertence à humanidade. Um demônio seria na antiguidade (visão politeísta), um gênio inspirador, tanto bom quanto mal, que definia o caráter e o destino de alguém – a alma, o espírito. Demônio (para o monoteísmo) é o anjo que se rebelou contra Deus, um gênio do mal, um anjo caído…”

Leia mais

TOP 11

Universo Paralelo

Por tatitalima

“A especulação sobre outros mundos sempre esteve presente em nossas vidas, principalmente em nossas concepções sobre as escolhas. Falar sobre tais mundos alternativos é um assunto que sempre gera polêmica, principalmente numa Taverna, numa roda de amigos.

Durante a nossa jornada, em algum momento, já pensamos sobre a possibilidade de um (ou mais de um) universo paralelo, embora alguns interpretem de forma mais religiosa ou espiritual e outros analiticamente se apeguem às questões científicas que envolvem o assunto.”

Leia mais


Por mais cultura e arte nas escolas públicas

A Taverna Filosófica também é cultura e utilidade pública. Li uma notícia que me deixou muito feliz, pois há muito tempo desejei que essa iniciativa fosse tomada pelo Governo. O Ministério da Cultura em conjunto com o Ministério da Educação decidiram incluir políticas de cultura e arte na educação básica.

Recentemente foi assinado um acordo de cooperação técnica sobre políticas de cultura para a educação básica, com vigência até 2014. Serão lançados três editais pelo MinC: o “Mais Cultura nas Escolas”, que selecionará projetos que promovam a integração educação e cultura, o “Agentes de Leitura”, que formará 4 mil jovens entre 18 e 29 anos para percorrer casas de alunos e incentivar a leitura por toda a família, e o “Cine Educação”, que fará a capacitação de professores, além da distribuição de filmes nacionais nas escolas.

Além dos editais, há projetos como o Programa Nacional de Biblioteca Escolar, que distribuirá livros e DVDs sobre arte nas escolas. Outra meta do programa é formar 10 mil professores de arte até 2014.

E que a Cultura e Arte invadam as escolas públicas do Brasil e desperte nos alunos a consciência crítica e analítica não só da nossa própria cultura e arte, mas da cultura e arte mundial.

Para acessar o site da Folha e ler toda a matéria clique aqui.


Cast 010 – Aqui Ten Pearl Jam

O décimo podcast da Taverna Filosófica está no ar! O podcast é um programa que serve para informar e divertir os frequentadores dessa Taverna. Puxem uma cadeira e participem do papo que conta a trajetória da banda nota Ten que  os taverneiros elegeram para comemorar o Cast Ten da Taverna, com:  Tiago “Grunge”, Tatita “Anos 90” e o nosso primeiro convidado podcaster Gustavo Moreira do Cast N’ Roll e do CabaréCast.

Duração:  86′ 20” min.

Não deixem de ouvir os emails no final do cast! A partir de 70 ‘ 03”.

Ouvir podcast

Download podcast 

Para baixar o podcast clique em Download podcast com o botão direito e em seguida selecione salvar…

ATENÇÃO PARA O NOVO FEED (ITUNES, WINAMP, ETC): https://tavernafilosofica.wordpress.com/category/cast/podcasts/feed/

O que é RSS? Como assinar um blog? Como assinar um podcast?

Comentado nesse episódio:

Discografia Pearl Jam

Documentário Pearl Jam Twenty – PJ20

Fita Demo do Pearl Jam sem o Eddie Vedder

Temple Of The Dog e Eddie Vedder

Documentário Back and Forth – Foo Fighters

Singles – Vida de Solteiro

Into the wild – Na natureza selvagem

Cast N’ Roll

CabaréCast

Banda cover do Pearl Jam – Eyeball

Tiago Grunge tocando Black 

Como cantar Black – Legendagem 

Gravação Binaural – (ouça com fones de ouvido) 

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

“Marido mata mulher após ela destruir bonecos do Star Wars”

Olá taverneiros! A Taverna também é lugar de notícias, então postarei algumas notícias úteis a sua vida e outras totalmente esdrúxulas sem o menor significado, como essa:

“Um homem fanático pelo filme Star Wars matou a mulher depois que ela destruiu a sua coleção de bonecos dos personagens da saga. O crime aconteceu em  Leigh, na grande Manchester, no Reino Unido.

Continue lendo


A memória não é sonho, é trabalho

Esses dias fui à Pinacoteca de São Paulo, para conferir a exposição, Olafur Eliasson: Seu corp0 da obra. Depois de apreciar a obra resolvi ver as outras exposições. Em uma delas li uma frase que me chamou muito a atenção: “Na maior parte das vezes, lembrar não é reviver, mas refazer, reconstruir, repensar, com imagens e idéias de hoje, as experiências do passado. A memória não é sonho, é trabalho“. Gostei tanto que decidi pesquisar mais sobre Ecléa Bosi,  a autora da frase. Segue abaixo trechos do pensamento e memória dessa Professora, Escritora e Filósofa. Suas idéias têm muito em comum com a filosofia aqui da Taverna. A imagem acima é do filme “Brilho eterno de uma mente sem lembranças”. Escolhi esta imagem porque considero perfeita para ilustrar este post, pois o filme retrata a constante luta entre esquecer e lembrar. No filme, Joel, interpretado por Jim Carrey tenta através de um sistema computadorizado apagar as lembranças de Clementine (Kate Winslet). As lembranças da mente foram apagadas, mas e quanto às lembranças da alma? Como conseguir esquecê-las? Como se apaga o sentimento gerado pela memória? Eis a questão…

Na maior parte das vezes, lembrar não é reviver, mas refazer, reconstruir, repensar, com imagens e idéias de hoje, as experiências do passado. A memória não é sonho, é trabalho. Se assim é, deve-se duvidar da sobrevivência do passado, “tal como foi”, e que se daria no inconsciente de cada sujeito. A lembrança é uma imagem construída pelo materiais que estão, agora, à nossa disposição, no conjunto de representações que povoam nossa consciência atual. Por mais nítida que nos pareça a lembrança de um fato antigo, ela não é a mesma imagem que experimentamos na infância, porque nós não somos os mesmos de então e porque nossa percepção alterou-se e, com ela, nossas idéias, nossos juízos de realidade e de valor. O simples fato de lembrar o passado, no presente, exclui a identidade entre as imagens de um e de outro, e propõe a sua diferença em termos de ponto de vista.

Conhecemos a tendência da mente de remodelar toda experiência em categorias nítidas, cheias de sentido e úteis para o presente. Mal termina a percepção, as lembranças já começam a modificá-la: experiências, hábitos, afetos, convenções vão trabalhar a matéria da memória. Um desejo de explicação atua sobre o presente e sobre o passado, integrando suas experiências nos esquemas pelos quais a pessoa norteia. O empenho do indivíduo em dar um sentido à sua biografia penetra as lembranças com um ‘desejo de explicação’.”

Ecléa Bosi, 1994


Documentário “Raul – O Início, o Fim e o Meio”

Olá Taverneiros, é com muita honra que divulgo aqui na Taverna esta excelente notícia: Raulzito, mais uma vez marcou presença nos eventos Paulistanos. E dessa vez em grande estilo. O Documentário “Raul – O Início, o Fim e o Meio” fez parte da programação da 35ª. Mostra Internacional de Cinema, de São Paulo.

Eu, é claro, não poderia perder esse evento. Matei aula na pós, ontem, dia 27 de outubro de 2011 e fui lá conferir o documentário. Duas horas de muita história, depoimentos, música e Raul na sua constante inconstância de ser.

No Inicio a fila que aguardava entrar na sala do cinema era um tanto quanto especial e animada. Várias faixas etárias, jovens, adultos e idosos, camisetas do Raul e muita música. A galera estava eufórica cantando as músicas do Raul e obvio que a famosa frase “TOCA RAUL” foi mencionada várias vezes.

Antes do começo do filme houve uma apresentação dos responsáveis pelo documentário: O diretor Walter Carvalho, o roteirista Leonardo Gudel e o produtor Denis Feijão.

No Meio da sessão, a música continuou rolando solta e a plateia irreverente como o Raul gosta. E de vez enquanto o pessoal empolgava e gritava Raul, Raul!! Percebi que várias das coisas que mencionamos no cast ‘Toca Raul’ foram mostradas no filme. Inclusive músicas que citamos no cast. Foi realmente muito emocionante.

O Fim do documentário foi belíssimo e a plateia retribuiu à altura ficando de pé e aplaudido muito. Fim, na verdade sem ponto final, pois não é atoa que o nome do documentário é: O Inicio, O Fim e O meio, ou seja, a vida é um ciclo, exatamente nessa ordem: Início, Fim e Meio. Onde o Fim é uma pausa e o Meio a passagem para a renovação que dará Inicio a um novo ciclo.

E para quem quiser conferir o documentário entrará em cartaz no circuito comercial, no dia 27 de janeiro de 2012. Eu com certeza irei assistir novamente.

Para quem quiser saber mais um pouco mais sobre o Raul cliquei aqui e acesse o meu blog, Estrambólica Arte, tem o post que escrevi em 8 de agosto de 2010 e por coincidência se chama “O Início, O Fim e O Meio”.