Megaman – “Jogos da minha infância 2”

Olá taverneiros, blogueiros, twitteiros e gamerszeiros de todo o Brasil! Volto a falar de jogos da minha infância e o jogo de hoje é nada mais nada menos que Megaman! Um clássico dos anos 1980 e 1990, com milhões de fãs por todo o mundo e também aqui no Brasil. Com jogos sendo produzidos até hoje. Como estou falando de jogos da minha infância, irei falar apenas dos Megaman 2 e 6 que foram os que eu mais joguei.

Capa Megaman 2

Mais uma vez o console usado para me deliciar com essas obras primas japonesas (NÃO, não estou falando daquelas bonecas eróticas japonesas em tamanho real …) foi o NES (Nintendo Entertainment System), aquele da fita deitada. Lá nos idos dos anos 1990, o pequeno Lessandro era membro de uma família de classe média baixa, então não tinha dinheiro para comprar fitas novas, então a solução era aluga-las. A locadora de filmes tinham algumas fitas de videogames, de todos os tipos, Megadrive, SNES, Atari e claro NES, com uma galeria completa de 5 fitas para alugar, eram elas Teenage Mutant Ninja Turtle, M.U.L.E., Duck Tales, Megaman 2 e Megaman 6, obviamente não tinham só essas fitas, mas originais só essas, as outras eram “modificadas” e funcionavam perfeitamente no Turbogame, mas não no NES (trauma de infância que carrego até hoje lol).

O Megaman 2, conhecido como Rockman 2 no Japão, jogo lançado em 1988, para o NES, só fui conhecer no longínquo ano de 1994, divertidíssimo, a música era muito boa, a qualidade gráfica para a época era muito boa. Nunca fechei (fiz final, zerei, etc) o jogo, achava extremamente difícil, na época eu era criança e nunca fui bom em jogos que exigiam player skill, então sempre sofri para chegar longe nele, afinal eu só podia ficar um dia com a fita, minha mãe não pagava mais de um dia para mim. Possuía chefes muito interessantes como Bubble Man, Flash Man, Hit Man, Wood Man, entre outros. A ideia de derrotar os chefes e pegar seus poderes é ótima e como descobri mais tarde, as armas eram mais fortes contra alguns chefes, afinal nem revista eu comprava na época.

O Megaman 6, lançado em 1993, também é um ótimo exemplo de jogos da minha época, esse jogo eu fechei, foi sofrido mas derrotei o Dr. X (posteriormente você descobre que ele é o Dr. Willy, spoilers! Lol). Dr. X quer acabar com o torneio mundial de robôs, captura eles para trabalharem para seus feitos malvados, após derrotar todos os chefes e o Dr. Willy, ele acaba preso, o que nunca ocorreu nos jogos anteriores. Particularmente gostei mais do Megaman 6, afinal eu joguei os dois na mesma época e os gráficos do Megaman 6 eram superiores, foi o Megaman menos conhecido da série pelo público em geral, mas eu conhecia muito bem. A novidade nesse jogo era Rush, o cão-robô, que ajudava o Megaman fazendo-o voar por um curto espaço de tempo e também se adapatava para o Megaman dar um soco poderoso nos inimigos.

Capa do jogo Megaman 6

Os dois jogos eram ótimos e divertidos, muito difíceis, como qualquer jogador de Megaman pode confirmar, mas algo sempre me deixou muito bravo nesses jogos, eram os espinhos do Megaman, as armas mais poderosas dentro do jogo, afinal um toque era suficiente para acabar com toda a vida do personagem, por anos fiquei imaginando que se o Dr. Willy adaptasse esses espinhos em volta dos chefes ele dominaria o mundo como queria, era só encostar e pronto, morto.

A série Megaman continua até hoje, com jogos como Megaman Legends, Megaman Zero e Megaman Xtreme, entre muitos outros. Quando mudei de plataforma e comecei a usar apenas o PC, fiquei um pouco (muito) distante dos jogos que saíam apenas para consoles, então não posso dizer muito sobre os novos jogos, mas esses dois jogos, Megaman 2 e Megaman 6, acompanharam durante alguns anos a minha infância, me trazendo diversão e muita raiva!

Mande sua opinião, o que acha dos jogos? Como estão os novos jogos? Estou aguardando seus comentários! Abraço!

Anúncios

Sobre Lessandro

Há momentos na vida em que descobrimos que não necessariamente precisamos ser fortes, mas nos sentir fortes. Ver todos os artigos de Lessandro

4 respostas para “Megaman – “Jogos da minha infância 2”

  • Alailson

    Ae, Lessandro, mandou bem. Eu me lembro quando eu e meu irmão compramos Mega Man 2 original pela fortuna de R$ 25,00 (Naquela época era uma grana preta para crianças de 10 anos). Minha mãe falou que a gente ia ficar sem presentes por um bom tempo para compensar. O jogo realmente sensacional para os padrões de antigamente e tinha tudo para dar certo: Bons gráficos, boa trilha sonora e boa diversão. Para quem jogou todos os Mega Man do Nintendo clássico (do 1 ao 6) posso dizer que o jogo só evoluiu, sendo o Mega Man 6 o melhor da série. O Rush já fez aparição desde o Mega Man 3 junto com a capacidade do Mega Man dar a “rasteira”. Mesmo falando de “novos” Mega Man’s (os do super nintendo, playstation, etc) ainda se tem uma qualidade superior aos jogos da mesma plataforma (Mega Man 7 é um exemplo disso). O Mega Man é o simbolo da Capcom e marcará a infância de muita gente ainda.

  • euller

    cara fiquei com pena só megaman 2 e 6?

    • Lessandro

      Triste não é! Mas a cidade muito pequena, poucas opções, inexistência de internet e sem amigos que vão ao Paraguai, ficou dificil encontrar jogos hahaha

  • Zak

    Meu favorito é Mega Man X4. Dá para jogar com X ou Zero. Da série original, eu acredito que o melhor seja Mega Man 5, 7 ou 8. Infelizmente a era do Mega Man na Capcom acabou, depois que Mega Man Legends 3 foi cancelado, mas Mega Man continua sendo um mito.

Cachaceiro, sinta-se a vontade para deixar um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: